• Periferia ODS

  • Quem somos

    Conheça o que nos move

    Missão

    Difundir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU em favelas e periferias do Rio e da Baixada Fluminense, encorajando a juventude a se engajar nos seus próprios territórios

    História

    Guilherme Karakida e Douglas Almeida foram selecionados para participar como delegados brasileiros da Assembleia da Juventude na ONU (Youth Assembly), evento que reuniu 1500 jovens de mais de 110 países para debater caminhos e desafios para a implementação dos ODS em seus países. A atividade ocorreu em agosto de 2017, na sede da ONU, em Nova Iorque. Embora a delegação brasileira estivesse, em termos de quantidade, representativa, notaram que haviam poucas pessoas envolvidas com trabalho de base e nenhum negro numa delegação de 20 brasileiros. Nesse sentido, uma das motivações da Periferia ODS é democratizar o acesso de jovens de favelas e periferias do Rio e da Baixada Fluminense neste tipo de espaço, sobretudo de mulheres negras.

  • Projetos

    Conheça nossos projetos

    Assembleia da Juventude

    Em construção

    Democratizar o acesso de jovens de periferia e de favelas do Rio e da Baixada Fluminense na Assembleia de Juventude na ONU

    Escolas Públicas

    Em construção

    Difundir os ODS em escolas públicas de favelas e periferias do Rio e da Baixada Fluminense, encorajando a juventude a se engajar nos seus próprios territórios

  • Metodologia

    Entenda a metodologia do projeto Assembleia da Juventude

    1

    Seleção

    Um comitê de seleção, composto por quatro mulheres e dois homens, selecionará 20 participantes para o projeto

    2

    Apresentação

    A primeira parte consiste na apresentação do que é a Assembleia da Juventude, o que são os ODS, qual a sua importância e porquê é relevante ocupar aquele espaço

    3

    Cursos de inglês

    Etapa contínua. Considerando que o inglês pode ser uma barreira para acessar essa oportunidade, oferecemos cursos de inglês intensivos gratuitos

    4

    Financiamento

    Etapa contínua. A partir do momento em que o grupo for formado, criaremos o sentimento de que o financiamento é uma responsabilidade compartilhada

    5

    Multiplicação

    Após a participação na assembleia, cada jovem deve ter a responsabilidade de multiplicar os aprendizados em escolas públicas do seu território

  • Equipe

    Guilherme Karakida

    Fundador

    Mestrando em sociologia pelo IESP-UERJ. Voluntário há mais de três anos no TETO-RJ e colaborador da Fundação Cidadania Inteligente. Engajado no ODS 11: Cidades e Comunidades Sustentáveis. Acredita que a participação social é um dos pilares fundamentais da democracia, mas que vem sendo banalizada no discurso da gestão pública.

    Douglas Almeida

    Fundador

    Economista, mestre em desenvolvimento territorial e políticas públicas, doutorando em sociologia pelo IESP-UERJ. Coordenador de Incidência Política da Casa Fluminense e membro do Fórum Grita Baixada. Engajado no ODS 16: Paz, Justiça e Instituições Eficazes. Acredita na necessidade de maior envolvimento das bases na construção das políticas públicas partindo da ideia de que devem ser construídas de baixo para cima.

  • Redes Sociais

    Curta a nossa página para acompanhar tudo

  • Contato

    Entre em contato conosco